Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

"Porque é que não restauraram toda a pintura do Arco Triunfal?"

O visitante João Gonçalves comentou no post sobre o Restauro do Arco Triunfal, levantando uma questão que talvez faça sentido para outros visitantes: "Porque é que não restauraram toda a pintura do Arco Triunfal?" Segue, então, aqui a resposta.

 

A intervenção a decorrer na Charola é de conservação e restauro. Quer isto dizer que valorizamos, de acordo com as actuais normas éticas de intervenção em pintura mural, a conservação da peça realizando acções que suspendam a sua degradação de maneira a poder-mos usufruir delas um pouco mais de tempo e assim legá-las às gerações vindouras. O termo restauro passa para segundo plano porque à sua sombra foram realizadas algumas intervenções bastante imaginativas.

 

Tratar uma pintura é, apenas e só, ter um grande respeito pela peça, conservando-a materialmente sem adições resultantes da nossa visão da obra – isto é, respeitar integralmente o que existe e o que chegou até nós.

Não podemos, não devemos, “terminar” a peça refazendo partes em falta – podemos apenas e fizemo-lo na face do arco, atenuar as faltas/lacunas, o ruído do ausente, de maneira a facilitar uma leitura integral da obra.

Como fazer o que não existe – mesmo que houvesse documentação para tal – e continuar a dizer que estamos perante uma obra maior do século XVII? Teríamos que corrigir para século XVII e XXI. Como respeitar uma autoria se parte da pintura fosse obra de um anónimo “restaurador” nosso contemporâneo?

 

Foram estas linhas que nos orientaram na nossa intervenção e que estão sempre presentes no nosso trabalho. As lacunas em áreas de tom liso foram reintegradas mas todas aquelas que incidiam sobre figuração ou limites indefinidos foram apenas tonalizadas.

 

Relativamente ao orçamento – sabe, com toda a certeza, que um orçamento de conservação e restauro de pintura mural não é feito em função do número de pedras…

 

A Capela Sistina fica em Roma e a Charola em Tomar, muito mais perto de nós – passe pelo Convento e admire a bela Ressurreição.   

publicado por Equipa SAPO às 11:57
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Ligações

Arquivos

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Subscrever feeds